Comparação entre comércio eletrônico b2b e b2c

diferença b2b b2c ecomecerce

4 de novembro de 2020

As compras online, de bens ou serviços continuam a ser uma tendência popular em todo o mundo. De acordo com os relatórios dos analistas da Forrester, o mercado de comércio eletrônico B2B deve crescer mais rápido do que nunca. Isso significa que os vendedores B2B precisam acompanhar as mudanças rápidas dos arredores, se não quiserem deixar sua receita dentro de um parâmetro desejado. A seguir, veremos mais de perto o que é realmente o comércio eletrônico B2B, as diferenças entre o comércio eletrônico B2B e B2C e as principais tendências do comércio eletrônico B2B para 2021. Fique ligado!

1. O que é comércio eletrônico B2B?

B2B eCommerce, que significa Comércio Eletrônico Business-to-Business, refere-se à venda de bens e serviços entre empresas por meio de um portal de vendas online. De um modo geral, o comércio eletrônico B2B é usado para aprimorar a proficiência e a eficácia dos esforços de vendas de uma empresa. Os pedidos de mercadorias agora são recebidos digitalmente em vez de manualmente usando recursos humanos (representantes de vendas).

2. Quais são as diferenças entre o comércio eletrônico B2B e B2C?

Existem algumas grandes diferenças entre o comércio eletrônico B2B e B2C que descreveremos a seguir:

  • Comprando Racionalmente versus Comprando Impulsivamente: Os compradores B2B frequentemente têm um plano claro e detalhado antes de fazer uma compra e, muitas vezes, fazem compras recorrentes. Em contraste, os compradores B2C geralmente compram um produto por impulso e fazem compras pontuais.
  • Relacionamento de longo prazo com o cliente vs. Relacionamento de curto prazo com o cliente: Embora as compras B2B sejam frequentemente baseadas em relacionamentos contínuos e de longo prazo, as compras B2C costumam ser compras pontuais.
  • Múltiplos tomadores de decisão versus único tomador de decisão: A decisão de comprar no comércio eletrônico B2B frequentemente envolve muitas camadas de aprovação e também envolve a união de muitos departamentos. No eCommerce B2C, as compras são decididas pelo comprador.
  • Preços diversos versus preços fixos e fixos: os preços B2B podem ser negociados, enquanto os preços B2C geralmente não são negociáveis.
  • Entregas com foco na pontualidade vs. Entregas com foco na velocidade: os compradores B2B querem mercadorias entregues em um cronograma confiável. Os compradores B2C costumam buscar rapidez na entrega.
  • Pagamento pós-entrega vs. pagamento pré-entrega: No comércio eletrônico B2B, os pagamentos são geralmente firmes e podem ser pagos 30 dias ou mais após a entrega das mercadorias. No comércio eletrônico B2C, os pagamentos geralmente são feitos com cartão de débito, cartão de crédito ou Paypal antes do envio das mercadorias.

B2BB2C
Preços específicos do clientePreços fixos ao consumidor
Vários tomadores de decisãoComprador único
Pagamento de vendas a créditoPagamentos diretos
Relacionamento duradouro entre fabricante e clienteVisita única
Compras recorrentesCompras de baixa frequência
Comprar como parte do trabalhoComprando porque você gosta

3. Principais tendências de comércio eletrônico B2B para 2021

3.1. AR (realidade aumentada) impulsiona a realidade das compras online

Quando se trata de compras online, AR (Realidade Aumentada) se tornou uma grande virada de jogo que fecha significativamente a lacuna da ambigüidade. Os compradores online agora podem visualizar os itens que planejam comprar, seja um móvel ou uma peça de roupa, graças à ajuda da AR. Os compradores também podem ver como eles ficam ao usar uma determinada roupa ou relógio, mochila, .. ou como sua casa ficaria com um determinado sofá, tudo antes de clicarem no botão “Compre agora”. Isso ajuda os compradores online a superar o medo de não poder ver o produto na vida real, elevando a comparação de preços a um nível totalmente novo.

Embora as opções de remessa rápida possam dar aos compradores online a mesma gratificação instantânea das compras no varejo, isso não pode ajudar você a ver ou sentir o produto em seu corpo ou em sua casa. AR nasceu para jogar este jogo. Agora é possível visualizar o produto em sua vida real.

3.2. AI (Inteligência Artificial) ajuda as lojas a aprimorar a personalização e melhorar o atendimento ao cliente

Outro aspecto das compras tradicionais que se perdeu nas compras online é a ajuda do funcionário da loja, que pode dar aos clientes algumas recomendações de produtos, bem como um guia personalizado com base em suas solicitações e demandas.

A popularidade da Inteligência Artificial (IA) e do aprendizado de máquina crescerá, à medida que os vendedores desejam aprender sobre os compradores, melhorar a personalização e aprimorar o atendimento ao cliente, essa é a razão pela qual todos os negócios online, tanto B2C quanto B2B, deveriam investir neste desenvolvimento.

AI também pode:

  • Dê descontos, otimize preços e preveja a demanda.
  • Ajude as empresas a coletar dados de clientes e vinculá-los a percepções em tempo real para aprimorar a experiência de compra.
  • Ajude as empresas a aprender sobre o comportamento dos clientes e ofereça-lhes experiências personalizadas que procuram.
  • Automatize tarefas como suporte ao cliente via chatbots para gerar ofertas oportunas ou ajudar o cliente 24 horas por dia, 7 dias por semana.

3.3. Voz do cliente

“Voz do cliente” (VOC) não é uma frase nova, pois tem sido usada por décadas para representar uma abordagem mais centrada no cliente para fazer negócios. Quando se trata da tendência do comércio eletrônico B2B, a VOC está se tornando mais relevante do que nunca. Os clientes B2B modernos desejam receber serviços customizados especialmente para suas necessidades. Se você não oferecer a eles, seus concorrentes o farão.

VOC está se concentrando no que seus clientes realmente desejam – não no que você acha que eles podem querer. Para fazer isso, você realmente precisa ouvir, internalizar e analisar seus comentários ou qualquer ação que eles tenham feito, fazendo isso, você pode começar a fazer melhorias na experiência do cliente.

Algumas das maneiras mais eficazes de coletar dados de VOC incluem:

  • Prestar atenção às redes sociais que mencionam sua indústria e marca
  • Fazendo entrevistas e grupos de foco
  • Conduzindo pesquisas

Depois de coletar os dados acima, você pode usá-los de três maneiras principais:

  • Fazer melhorias e ajustes na experiência geral do cliente
  • Fazer mais cópias e conteúdo voltados para o cliente
  • Criar novos serviços ou produtos (ou aprimorar os atuais)

Ao usar VOC no centro do seu negócio, você também precisa ter certeza de que cada movimento que sua empresa está fazendo oferecerá valor de primeira linha para seus clientes. Se você puder fazer isso, seus clientes não terão motivo para escolher outras empresas.

3.4. Otimize a estratégia digital para conversão

Mesmo se você for uma pequena ou grande empresa, sempre terá alguns concorrentes. Ficar à frente deles significa que você pode atrair mais clientes em potencial para seu site e convertê-los quando eles estiverem lá.

Otimizar a conversão está se tornando uma grande preocupação em 2021, conforme as empresas buscam ajustar seus produtos e serviços e garantir que se destaquem em seus diversos canais de marketing. Isso pode incluir esforços de marketing digital no site, como SEO, anúncios de compras no Google ou anúncios dinâmicos no Facebook.

3,5. Amplo Suporte ao Cliente

Não há dúvida de que a importância do atendimento ao cliente está aumentando dia a dia. Uma pesquisa recente também diz que 89% dos consumidores passarão a fazer negócios com um concorrente se tiverem uma experiência péssima como o cliente. A razão é que os sites e plataformas sociais estão atingindo um nível mais alto, levando ao aumento nos níveis de engajamento. Conseqüentemente, os clientes têm muitas oportunidades de atender a um serviço de primeira linha.

Então, o que as empresas B2B precisam fazer para se destacar no mercado competitivo? A resposta é que eles precisam realmente se conectar com os clientes em potencial, realizando auditorias regulares de atendimento ao cliente. Eles também precisam oferecer uma ampla gama de recursos no local, como perguntas frequentes, chat ao vivo e outras linhas de contato. Outra opção é integrar inteligência artificial (IA). Ajudará na coleta de dados ao longo do tempo, oferecendo respostas mais rápidas e individualizadas a consultas futuras. O engajamento será melhorado e, então, criará mais leads qualificados.

4. Conclusão

Como o comércio eletrônico parece estar em toda parte e se tornou um papel vital para as empresas. Portanto, cada empresa, especialmente as empresas B2B, precisa aplicar o comércio eletrônico ao seu setor para não ficar para trás, obter mais receitas e acompanhar a velocidade crescente da sociedade competitiva e focada na conveniência de hoje.

Você está procurando uma solução de comércio eletrônico para o seu negócio B2B ? Por que não falar com nossa equipe para saber mais?

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *