Intenção do usuário é o fator final de classificação de SEO

Intenção do usuário

21 de fevereiro de 2022

À medida que o Google rastreia sites para produzir seus SERPs, o Google combina o usuário com o melhor conteúdo para sua intenção. Seu algoritmo define “melhor” medindo o envolvimento do usuário, o valor que o conteúdo fornece e o que mais corresponder à intenção do usuário percebida nos termos de pesquisa.

O Google analisa a intenção por trás de sua pesquisa usando muitas variáveis ​​diferentes: histórico de pesquisa, dados que eles extraem do Gmail ou outros lugares em que você interage com o Google. Usando esses dados, eles criam uma persona de usuário e a melhor intenção para suas necessidades percebidas.

Como isso se relaciona com o SEO do seu site? Um bom SEO entende a intenção do usuário, o que permite que você crie uma página que melhor atenda às necessidades do usuário.

Vamos trabalhar com um exemplo de correspondência de intenção do usuário. Imagine que você está tentando classificar para “serviços de SEO”. Essa página deve incluir determinadas informações para satisfazer a intenção dessa pesquisa. Se você escrever uma página que tenha conteúdo com foco nos benefícios dos serviços de conteúdo ou como escrever um plano de conteúdo, você não terá uma boa classificação porque seu conteúdo não corresponde à intenção de um usuário que está procurando serviços de SEO.

Em vez disso, liste os serviços de SEO que você fornece. Isso ajuda sua página a corresponder à sua intenção segmentada.

CONTEÚDO DA PÁGINA, HIERARQUIA DE INTENÇÕES E SEO

A ordem em que você apresenta seu conteúdo influencia tanto seus rankings quanto a experiência do usuário. Quando um usuário acessa uma página, ele deve encontrar facilmente o conteúdo que corresponda à sua intenção principal. Não enterre o conteúdo relevante, mas mantenha-o como um ponto focal da sua página.

Conforme você estrutura seu conteúdo, agregue valor ao seu usuário. Eles precisam mais do que uma explicação de por que você é a melhor solução para suas necessidades. Dê-lhes dados antecipadamente. Se eles quiserem rolar para saber mais sobre você, eles o farão. Crie seu conteúdo nesta ordem:

  1. A intenção da página – O conteúdo principal deve satisfazer a intenção da página. Posicione esse conteúdo para que seja fácil para os usuários encontrarem e digerirem. Responda às perguntas que o usuário está fazendo e dê a eles as soluções que estão procurando.
  2. Prova social – elogios de especialistas do setor, avaliações positivas de seus clientes ou clientes ou recursos em publicações ou sites relevantes influenciam positivamente as decisões de compra. Inclua prova social abaixo do conteúdo que corresponde à intenção da sua página.
  3. Recursos exclusivos do seu negócio – Na parte inferior da sua página, você pode listar os recursos exclusivos do seu negócio e marca. Quando os usuários estão procurando bens ou serviços, essa informação é o fator menos importante em sua decisão de compra. Se eles quiserem saber mais sobre sua marca, eles rolarão para baixo para ler.

Estruturar a hierarquia de sua página garante que você coloque o conteúdo mais importante onde ele pertence: na frente e no centro.

IDENTIFICANDO A INTENÇÃO DA PÁGINA

Construir sua página para priorizar sua intenção e corresponder à intenção do usuário é uma coisa. Definir seu tópico de destino é outra tarefa inteiramente e muitas vezes é difícil de realizar. Siga estas etapas para identificar os tópicos e a intenção da sua página.

  1. Intenção do usuário – Identifique as necessidades do seu usuário-alvo. Depois de entender as necessidades deles, você pode definir um tópico e formar o conteúdo que fornecerá as soluções que eles estão procurando.
  2. Palavras-chave – Depois de definir seu tópico, explore palavras-chave relevantes para esse tópico. Algumas palavras-chave serão mais valiosas do que outras. Da mesma forma que suas páginas de destino têm uma hierarquia, suas palavras-chave também. Priorize palavras-chave que ajudam você a atingir suas metas de SEO e de negócios.
  3. Secundário – Intenção Parte do seu conteúdo não aborda diretamente a intenção da página principal ou a intenção do usuário. Chamamos isso de intenção secundária, que se baseia na prova da intenção primária. Esse tipo de conteúdo é útil, mas não deve ser priorizado ao determinar a intenção da página e os tópicos de conteúdo.

CONCLUSÃO

SEO fornece muito valor ao seu site e seu negócio. Quando você tem objetivos claros e trabalha com a empresa certa, pode utilizar seu SEO para atingir seus objetivos. Na GR3 WEB SEO, temos décadas de experiência ajudando clientes como você a definir, alcançar e superar metas. Entre em contato conosco hoje e começaremos a criar uma estratégia de SEO que forneça os resultados que você procura.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.